DE MONOLÍTICO AOS MICROSSERVIÇOS DISTRIBUÍDOS
Baseada em uma abordagem modular, a arquitetura de microsserviços é uma facilitadora de inovação em cenários corporativos de grande porte.
Diante da necessidade de modernização de aplicações legadas para atender às demandas de uma nova realidade de mercado, esta abordagem pode ser o diferencial de negócios para sua equipe de tecnologia.
Para quem busca suporte e conhecimento de microsserviços nos negócios, listamos algumas vantagens da migração:

 Modernização de aplicações legadas
 Escalabilidade das aplicações e da infraestrutura de nuvem
 Facilidade de evolução independente de partes diferentes da aplicação
 Resiliência diante de crises, como indisponibilidade de serviços
 Diminuição no time to market, abordando oportunidades hoje inalcançáveis
 Aceleração do pipeline de entrega, alcançando entrega contínua
 Liberdade na escolha da stack tecnológica

 

 

 

SUA EMPRESA PRECISA DE AJUDA NO PLANEJAMENTO, DEFINIÇÃO E CONSTRUÇÃO DE MICROSSERVIÇOS?

Com o direcionamento do nosso time de especialistas de projetos, desenvolvemos um método de trabalho que auxilia na migração de aplicações legadas para uma nova realidade de microsserviços. Com a experiência de 10 anos no mercado e a expertise técnica de múltiplos projetos, utilizamos práticas de desacoplamento de domínio, separação de responsabilidades, gestão ágil de projetos, processos de DevOps e automação, para auxiliar empresas nessa jornada.

 

Entre em contato: comercial@lambda3.com.br

 

APROFUNDE SEUS CONHECIMENTOS E DESCUBRA COMO A ARQUITETURA DE MICROSSERVIÇOS PODE ALAVANCAR SEUS NEGÓCIOS

Acompanhe nossa série de podcasts, com a participação dos principais especialistas do mercado.

  • 1º Episódio: Conceito, Surgimento, História, Vantagens e Desvantagens, Melhores Práticas, Plataformas e Ferramentas

  • 2º Episódio: Estratégias, Resiliência, Antifragilidade, Autenticação, Autorização, Web, Design Patterns, REST e GraphQL

  • 3º Episódio: DevOps, Versionamento de Códigos e Serviços, Testes, Governança, Build, Deploy e Infraestrutura como Código

  • 4º Episódio: Conteineirização, Dimensionamento de Serviços, Monitoramento, Observabilidade, Métricas, Telemetria e

    Service Mesh

     

    5º Episódio: Feature Toggles, Health Checks, Liveness, Readiness, Modernização do Legado, DAPR, OAM, CNAB e Implementação da Observabilidade

     

    6º Episódio: BI e Análise de Dados, Modelagem e Persistência de Dados, Plataformas FaaS, PaaS, IaaS e Contêineres, Microfrontends e Documentação

     

    Colaboraram com a gravação destes episódios:
    Elemar Jr., CEO EximiaCo
    Graziella Bonizi, consultora EximiaCo
    Rubens Koji Miura, consultor sênior Capco